.:GESE:.: Segundo o Ministério da Justiça, há pelo menos dez mil celulares nos presidios brasileiros.

Adicionado 13/07/2012

quinta-feira, 28 de março de 2013

Segundo o Ministério da Justiça, há pelo menos dez mil celulares nos presidios brasileiros.

Segundo o Ministério da Justiça, há pelo menos dez mil celulares em prisões brasileiras. Só no Ceará, mais de três mil foram apreendidos no ano passado. De lá, se originam golpes que fazem vítimas em todo país, com falsas mensagens de sorteio de prêmios.
O grupo é formado por agentes penitenciários, que fazem vistorias de surpresa. Em uma cela tão pequena, são muitas as possibilidades de um esconderijo. Por isso, não basta procurar com os olhos e com as mãos. O uso da tecnologia é fundamental para tentar localizar objetos.

Entre os equipamentos, estão o detector de metais e um aparelho parecido com o de exames de endoscopia, que consegue captar imagens em qualquer fresta ou buraco. É com ele que o grupo encontra, dentro de um único ralo, quatro aparelhos celulares e carregadores. Um esforço para tentar tirar dos presídios o que não deveria ter entrado de jeito nenhum.
Os bandidos usam os aparelhos para mandar mensagens de falsos prêmios, para várias regiões do Brasil. O consumidor recebe instruções para garantir o prêmio e começa o golpe. O preso pede depósito em contas bancárias.
Uma das vítimas acreditou que havia sido sorteada com R$ 100 mil. Em contra partida, o rapaz depositou R$ 6,6 mil nas contas passadas pelo golpista. “Ele disse: esse dinheiro que nós estamos retirando seu vai ser retornado junto com a premiação e eu confiei". Quando os golpistas pediram mais dinheiro, ele desistiu.


Quando pediu a devolução do que havia depositado, vieram as ameaças. “Se desligar a ligação, nós vamos mandar matar tua mulher, nós sabe onde é o trabalho dela, sabe onde estudam teus filhos também. Agora você vai ter que fazer o pagamento”.
“Ele prefere fazer esse golpe em outro estado para que dê tempo de receber esse dinheiro, fazer o saque, porque ele está agindo de dentro do presídio, com ajuda de fora do presídio. Então ele precisa de tempo para praticar o golpe", explica Jaime de Paula Pessoa, delegado de Defraudações.


Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a especie de males...  I TIMÓTEO 6/10

Um comentário:

  1. Olhe gente peço desculpas maus tenho que falar, porque eu não sei para que agentes penitenciário neste país, quando é encontrado maus de 10 ,il celulares dentro de um presídio, já nmão falta acontecer maus nada no nosso país, aqui acomtece de tudo que vocês podem imaginar, e ninguém fala nada só fala que as mulheres podem abortar com até 12 semanas de gestação. É pra sentir vergonha deste país e muita vergonha.

    ResponderExcluir