.:GESE:.: Ressocialização: 50 detentos de Piraquara começaram curso de informática

Adicionado 13/07/2012

sábado, 2 de março de 2013

Ressocialização: 50 detentos de Piraquara começaram curso de informática

Uma pequena solenidade marcou o primeiro dia letivo deste ano do Centro Estadual de Educação Básica de Jovens e Adultos-Ceebja Mario Faraco, em Piraquara e que atende reeducandos da Colônia Penal Agroindustrial-CPAI, também localizada no município. O evento foi realizado pelo Setor de Pedagogia da CPAI, juntamente com a escola, havendo aula inaugural em todos os turnos com consagração religiosa e participação do diretor da Unidade penal, Ismael Meira e da diretora do CEEBJA, Beatriz Tosato que, com palavras acolhedoras, ressaltaram a importância do momento na vida de cada aluno da unidade.

A pedagoga da CPAI, Lanita Neves,  apresentou as orientações pedagógicas necessárias quanto as diferentes fases de ensino, propagando a mensagem “Não Desista”  apresentada por um programa de computação. No encerramento das atividades, Lanita Neves proferiu palavras de estimulo para que os alunos da CPAI pudessem se sentir psicologicamente avivados e bem orientados pedagogicamente.

 Cursos - Teve inicio no dia 25.02, nos Telecentros instalados na Colônia Penal Agroindustrial de Piraquara-CPAI e no Centro de Regime Semiaberto Feminino de Curitiba-CRAF, o Curso de Informática Básica,que vai atender num primeiro momento 50 reeducandos das duas unidades. O curso é ofertado em parceria com o SENAC sendo uma turma, com 35 vagas para a CPAI e outra com 15 vagas para o CRAF.
Cursos de informatica dentro de presidios


A carga horária é de 160h e o aprendizado é totalmente a distância, utilizando o ambiente virtual de ensino das instituições. Durante manhã , tarde e noite, reeducandos homens e mulheres que trabalham e/ou estudam durante o dia, também terão possibilidade de participar.Essa oportunidade é fruto da parceria entre as Secretarias da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos-SEJU e de Assuntos Estratégicos-SEAE, para implantação de Telecentros, que deverão ser instalados ainda nos demais estabelecimentos penais do Estado.

A Rede de Qualificação Profissional, para a oferta de cursos faz parte do tratamento penal e é uma das metas previstas no Plano Diretor da SEJU/ DEPEN/PDI-Cidadania de transformar as prisões em escolas, oficinas de trabalho e ambientes de paz e não violência.

Porém Deus livrou a minha alma de ir para a cova , e a minha vida verá a luz . JÓ 33/28

Nenhum comentário:

Postar um comentário