.:GESE:.: RESSOCIALIZAÇÃO:IDOSOS PRESOS TAMBEM PRECISSAM DE NOSSA AJUDA.

Adicionado 13/07/2012

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

RESSOCIALIZAÇÃO:IDOSOS PRESOS TAMBEM PRECISSAM DE NOSSA AJUDA.

Sejap promove ação para elevar autoestima de detentos da terceira idade



Para melhorar a autoestima dos detentos, de modo especial os da terceira idade, o setor psicossocial da Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) realizou, nesta terça-feira , diversas atividades dinamizadas para os apenados desta faixa etária. A iniciativa visa humanizar o cotidiano das pessoas encarceradas bem como resgatar seus valores, que são muitas vezes esquecidos.
Durante o dia, uma equipe de assistentes sociais interagiu com os presos por meio de atividades lúdicas, motivacionais e que estimulam suas potencialidades. As dinâmicas também visaram à promoção da integração social dos encarcerados.
A ação ocorre de dois em dois meses e consiste em disponibilizar apoio psicológico as pessoas idosas encarceradas. O local é sempre o mesmo, a Casa de Oração, localizada no interior da Cadet I. “O objetivo é a valorização dos encarcerados que atingiram a terceira idade. Temos que ter um olhar diferenciado a este grupo, tão merecedor de afeto, porém, abandonado muitas vezes por sociedade e familiares”, esclareceu Cristina Régia, assistente social da Casa de Detenção 1 (Cadet 1), localizada no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.
Por meio das ações dinamizadas, foi possível identificar, por exemplo, que os idosos presos são detentores de muitos valores e capacidade criativa, dignos de serem reconhecidos. “Esses valores estão sendo constantemente potencializados e incentivados pelo corpo psicopedagógico”, reforçou Samila Rafaella Teixeira Cardoso, psicóloga do presídio São Luís.
A coordenação do evento informou que a sistemática pedagógica utilizada pela assistência social da casa consistiu em recuperar a motivação dos apenados na terceira idade. Considerada uma etapa difícil da vida, pelas causas biológicas naturais, inclusive, se tornam ainda mais desafiadoras, por se tratarem de pessoas que se encontram encarceradas e em algumas das vezes, desamparadas por filhos, conjugues e pessoas que pertenciam ao seu convívio antes da reclusão.

Reinserção social
A atividade contou com a presença de dezenas de encarcerados idosos e, ao longo do dia, apenados mais jovens também se sentiram identificados com o projeto e pediram para participar. A equipe pedagógica incentivou a interação dos demais presos de faixas etárias diferentes, pois, a atividade objetivou também de modo geral a reinserção social de pessoas encarceradas, preparando-as para o novo convívio em sociedade pós-pena. Os integrantes do Coral do Complexo Penitenciário também participaram do momento de interação.
Para a assistente pedagógica, o idoso, mesmo encontrando-se em situação de cárcere, precisa se sentir com vitalidade e a equipe psicopedagógica do Complexo tem feito tudo para que isso aconteça por meio das ações como a realizada nesta terça , das quais, de acordo com Cristina Régia, todos têm muita satisfação em participar. “Esse é um compromisso que temos com nossa comunidade de sentenciados idosos”, destacou.
Detentos participam de atividades na Cadet 1, em Pedrinhas Foto Montelles
O encontro foi mais uma ação da Sejap no sentido de valorizar a pessoa encarcerada, com vasta programação voltada para temas que tratam de envelhecimento bem sucedido, auto-estima e qualidade de vida. Para os idosos da casa, o encontro foi muito proveitoso. “Eles estão sempre se movimentando, em alguma atividade cultural e enaltecedora de suas habilidades”, esclareceu Cristina Régia.

"Na velhice ainda darão frutos; serão viçosos e vigorosos," (Salmos 92 : 14)

4 comentários:

  1. Essa é uma atidude muito linda e pena que não se vê em todo lugar... Deus abençoe vocês!
    http://dhey2012.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Vou orar e pedir para o Senhor continuar a abençoar esse projeto. É o Evangelho para os excluídos. Glória a Deus.

    ResponderExcluir
  3. Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, achei-o muito bom, e espero vir aqui mais vezes. Meu desejo é que continue a fazer o seu melhor, dando-nos boas mensagens , e falando daquilo que Deus tem feito em sua vida, que a graça e a paz de Jesus continue a ser derramada em sua vida, e o fogo do Espirito Santo continue a usar sua vida.
    Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito honrado.
    Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais, decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa dar com seu blo.
    Deixo a minha benção e a paz de Jesus.

    ResponderExcluir
  4. No mundo em que estamos vivendo há muitos programas sociais, incluindo projetos para integração daqueles que estão na terceira idade. Com o trabalho que o "GESE" vem realizando entre os detento de idade, observamos que a "missão" abrange todas as classes sociais dentro do sistema carcerário. Muito boa a iniciativa. Tenho apenas que me colocar à disposição para orar e, de modo simples, contribuir com essa obra. Que Deus seja louvado por isso. Jesus disse: "Ide por todo o mundo..." O sistema carcerário é um mundo dentro do mundo e o GESE está lá, anunciando as "BOAS NOVAS DE SALVAÇÃO". É isso aí, continuem firmes nessa meta.

    ResponderExcluir