.:GESE:.: MUSICA USADA PARA TIRAR PRESOS DO MUNDO DO CRIME

Adicionado 13/07/2012

terça-feira, 9 de outubro de 2012

MUSICA USADA PARA TIRAR PRESOS DO MUNDO DO CRIME

Susipe aposta na música como instrumento de ressocialização



A reinserção de custodiados é uma das missões da Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), que, desde 2008, aposta na arte como instrumento de cidadania com o projeto Sala de cordas, implantado no Centro de Recuperação Feminino (CRF), com aulas de canto e violão para as internas. Os resultados positivos motivaram a expansão do projeto, que ganhou o nome de “Acordes livres”, para as penitenciárias masculinas.

 A primeira etapa começou a ser implantada com a entrega de 40 violões para sete unidades prisionais do Estado, em solenidade no Centro de Detenção Provisória de Icoaraci (CDPI), com a presença do diretor do Núcleo de Reinserção Social da Susipe, Ivaldo Campeloni, do presidente da Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves, Nilson Chaves, e de diretores dos presídios beneficiados, equipe educacional e apenados.

“Começamos trabalhando com a educação, depois com a música. O projeto de reinserção pela música tem o objetivo de estimular a concentração e a cooperação para trabalhar em grupo, além de descobrir talentos musicais entre os custodiados”, explicou Ivaldo Campeloni. O diretor do CDPI, Roberto Garcia, destacou a alegria de estar recebendo o projeto e disse que toda a ação ligada à arte é bem vinda naquela unidade.

“É muito bom poder trabalhar a arte na ressocialização. É uma nova experiência, de transformação, não apenas de portões e cadeados. A gente vê que essas ações mudam o perfil carcerário do Estado. Para resultados diferentes, precisa-se de ações diferentes”, disse.

Nilson Chaves disse que pôde identificar duas talentosas vozes entre os internos, durante a execução do Hino Nacional, e que o projeto pode vir a desenvolver esses talentos e outros que podem estar adormecidos dentro do cárcere. “Acredito no poder transformador da música. Acredito tanto nessa magia que me comprometo em fornecer mais dez violões para o projeto, pela fundação”, adiantou. “Agora poderemos ampliar a abrangência das nossas aulas”, comemorou Iran Tchakal, um dos professores de música do projeto.


Pacificação – O encerramento do evento teve a participação de duas alunas do projeto Sala de cordas, Edilma Lisboa e Alessandra Costa, que cantaram e tocaram acompanhadas pelos professores. “A gente se sente amparada com esse apoio da Susipe. Temos como nos ocupar e focar no que é realmente importante”, disse Edilma. “O projeto leva a paz para dentro dos presídios. Uma das nossas amigas do grupo adorava fazer confusão, agora ela está calminha, porque se não tiver bom comportamento, tem que sair do grupo”, confidenciou Alessandra.

O idealizador do projeto, Gilmar Barata, agente prisional e músico, disse que os resultados são os melhores possíveis. Ele defende que as aulas de música modificam o comportamento, ajudam na disciplina e promovem a ressocialização. “A música atua tanto nos alunos quanto nos outros internos, estimulando a participação em conjunto e promovendo a paz. A gente vê a conquista delas pelos aplausos que recebem. É muito bom ver isso”, comentou.

“Elas são um grande exemplo. Estávamos precisando de um projeto como esse. Tenho certeza que vai melhorar a minha vida e a de muitos que estão aqui dentro. A expectativa é muito grande”, contou o interno da CDPI, Osimar Corrêa.

As unidades prisionais que vão receber os violões e o projeto “Acordes livres” são: Presídio Estadual Metropolitano I, II e III, Centro de Recuperação Penitenciária I, Colônia Agrícola Heleno Fragoso, Centro de Recuperação do Coqueiro e Centro de Detenção Provisório de Icoaraci.
 

E SUCEDIA QUE,QUANDO O ESPIRITO MAU DE PARTE DE DEUS VINHA SOBRE SAUL ,DAVI TOMAVA A HARPA ,E A TOCAVA COM A SUA MÃO;ENTÃO SAUL SENTIA ALIVIO ,E SE ACHAVA MELHOR E O ESPIRITO MAU SE RETIRAVA DELE.     1 SAMUEL 16/23

Um comentário:

  1. Olá meus amigos irmãos. Muita paz e graça do Senhor Jesus.
    Estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, e o achei muito edificante, com bons textos, e feito com muito bom gosto. Eu acredito que Deus vai usar estes belos textos para edificar corrigir e exortar.
    Continue a dar o seu melhor, a ser uma ferramenta nas mãos de Deus.
    Na nossa humildade, Deus nos exaltara quando chegar a hora dEle.
    Desejo-vos muito sucesso, não só para o blog, mas para toda a vossa vida.
    Ficarei feliz por vossa visita ao meu blog.
    Que Deus continue a abençoar-vos ricamente.
    António Batalha.
    PS. Se seguir meu blog, fique á vontade, pois vou retribuir se encontrar se blog.

    ResponderExcluir