.:GESE:.: PRESÍDIO DE IPABA (MG) : MODELO EM RESSOCIALIZAÇÃO DE PRESIDIÁRIOS!!

Adicionado 13/07/2012

sábado, 6 de dezembro de 2014

PRESÍDIO DE IPABA (MG) : MODELO EM RESSOCIALIZAÇÃO DE PRESIDIÁRIOS!!


IPABA – Referência nacional em ressocialização de detentos, a Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho, em Ipaba, está ampliando seu sistema de reinserção de apenados, com foco na formação educacional e profissional. Atualmente, a unidade mantém 578 presos, sendo que 320 trabalham (em regime fechado ou semi-aberto) e 220 estudam. 

Em novembro do ano passado, a Penitenciária Dênio Moreira passou oferecer cursos de nível superior aos seus detentos, por meio de uma parceria com a Faculdade de Educação à Distância (FEAD). São oferecidos cursos de Ciências Contábeis, Administração de Empresas e Turismo. Todos com duração de três anos. Ao todo, 15 detentos estão fazendo faculdade à distância no momento.

A profissionalização é outro foco na penitenciária de Ipaba. A unidade possui várias fábricas e mais de 30 oficinas, nos ramos de marcenaria, tornearia, usinagem, fábrica de roupas, padaria 24h, lavanderias, mecânica, lanterna e pintura, fábrica de blocos, artesanato, tapeçaria, bordado, cultivo de horta, fábrica de costura, entre outras.

Os detentos são recompensados por sua mão de obra. Muitos produtos e serviços prestados pelos presos são consumidos por diversas empresas do Vale do Aço. O diretor-geral da Penitenciária Dênio Moreira, tenente Adão dos Anjos, afirma que a parceria com o setor público e privado tem sido ampliada. “Temos parceria hoje com mais de 12 empresas. É um trabalho fundamental, pois contribui com a ressocialização dos detentos. Há casos de presos que pagam aluguel para suas famílias com o dinheiro que ganham aqui, trabalhando”, ressalta Adão dos Anjos, que também é Diretor de Referência/ Regional da 12ª RISP (Região Integrada de Segurança).

Expansão no mercado
Vários produtos e serviços oferecidos pela Penitenciária de Ipaba estão sendo comercializados na região, em grande escala. Um bom exemplo é a padaria da unidade, que funciona 24h e fornece pães para o presídio de Coronel Fabriciano, para o Ceresp de Ipatinga e para a Prefeitura de Ipatinga. Os presos fabricam cerca de 6 mil pães por dia. 

Adão dos Anjos lembra outros produtos e serviços da Penitenciária de Ipaba que estão chegando no mercado. “Nossa fábrica de blocos, por exemplo, fornece para um depósito de material de construção de Ipatinga. Nós também já reformamos sete tratores e nossa oficina de mecânica, lanterna e pintura já reformou 22 ônibus da Univale. Entregamos roubas confeccionadas pelos detentos para clientes diversos, entre outras prestações de serviços”, afirma o diretor-geral da penitenciária de Ipaba. Como encomendar?

Os interessados em encomendar produtos produzidos na Penitenciária Dênio Moreira, bem como requisitar os serviços prestados pelos detentos da unidade podem entrar em contato pelo telefone (33) 3327-1118 (falar com o setor de Produção).

Adão dos Anjos ressalta que a Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho está aberta à ampliação da parceira com empresas da região para contratação de detentos que cumprem regime semi-aberto. “Os empresários interessados podem nos procurar, para que seja feito toda a regularização de documentação. Os presos do regime semi-aberto podem trabalhar durante o dia e retornam à penitenciária à noite. Essa parceria é fundamental para a reinserção social dos presos”, pontua.


Segundo diretor, 42% dos detentos 
não voltam para o mundo do crime 


Conforme o diretor-geral da Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho, tenente Adão dos Anjos, cerca de 42% dos detentos da unidade não retorna ao mundo do crime após o cumprimento da pena. “Isso se deve ao trabalho que é realizado na unidade há 14 anos, promovendo a ressocialização por meio do incentivo ao trabalho, à educação e à cultura”, afirma.

Todo o trabalho de ressocialização de detentos realizado na Penitenciária de Ipaba tem gerado bons resultados no âmbito da segurança pública. Há 13 anos não há registro de rebelião na unidade. A última ocorreu em 24 de julho de 2001. “Além disso, estamos há 14 anos sem registro de fuga por transposição de barreira”, lembra Adão dos Anjos.

Em 2008, a Penitenciária Dênio Moreira entrou no grupo das dez penitenciárias que são referência no Brasil no âmbito da ressocialização de detentos. Além da unidade de Ipaba, a única penitenciária de Minas Gerais que entrou nesse seleto grupo é a APAC de Nova Lima. As duas alcançaram o “top 10” do ranking divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).


Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo.

João 15:12

Nenhum comentário:

Postar um comentário