.:GESE:.: ATLETAS DO PARANÁ DOAM 6500 LIVROS PARA BIBLIOTECAS DE PRESÍDIOS.

Adicionado 13/07/2012

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

ATLETAS DO PARANÁ DOAM 6500 LIVROS PARA BIBLIOTECAS DE PRESÍDIOS.

Aproximadamente 6,5 mil livros foram arrecadados no período de um mês pela campanha de doação lançada pela Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude em parceria com a Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju).

Postos de coleta foram montados pela Secretaria Municipal - Departamento do Incentivo ao Esporte e Promoção Social - em outubro nas nove administrações regionais espalhadas por Curitiba. A entrega simbólica, com parte do material arrecadado durante a campanha, foi feita na manhã desta sexta-feira (08) na sede da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude, no bairro São Francisco.


O objetivo da campanha foi ampliar o acervo de livros nas bibliotecas dos estabelecimentos penais do Paraná e, desta maneira, colaborar com o Projeto Remição da Pena pelo Estudo através da Leitura. “O número superou as expectativas. O projeto é algo muito positivo já que pode ocupar com leitura, com novos pensamentos, essas pessoas que estão privadas da liberdade. Também cumpre com uma das funções do sistema prisional que não é reinseri-las na sociedade”, disse o secretário municipal de Esportel, Lazer e Juventue, Aluisio de Oliveira Dutra Junior.


O diretor assistente do Departamento de Execução Penal (Depen) do Paraná, Djalma Pereira de Oliveira, ressaltou que hoje completa um ano e um mês da lei que instituiu no Estado a remição da pena pela Leitura. “A doação representa um presente para o Estado do Paraná para que possamos ampliar o projeto. Precisamos colocar as pessoas que estão encarceradas em contato com a cultura. Colocar as pessoas que hoje estão segregadas em contato com o livro para que possam melhorar o entendimento da própria vida e se relacionar melhor com a sociedade”, afirmou.

De acordo com a coordenadora estadual do programa, Agda Cristina Ultchak, participam do projeto de Remição da Pena pela leitura, 2.725 apenados, o que representa 15% da população carcerária sob custódia da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos no Estado. “Cada participante pode ler um livro por mês e neste período tem que elaborar um resumo ou uma resenha, dependendo do seu grau de escolaridade sobre o que leu. As resenhas são orientadas e avaliadas por equipe de docentes de Língua Portuguesa e, caso o detento alcance nota 6, terá quatro dias descontados de sua pena”, explicou Ultchak. 


Participação
A campanha de Doação de Livros é mais uma ação de contrapartida social dos atletas e paratletas que são beneficiários da Lei Municipal de Incentivo ao Esporte. São 97 atletas beneficiários, que participaram da campanha doando livros e outros tantos participaram de forma indireta, na divulgação do evento.

A corredora Mariza da Silva Cruz, de 70 anos, foi a atleta com o maior número de livros doados. “Doei 175 livros e porque normalmente você lê o livro apenas uma vez e depois ele fica encostado em casa, juntando pó. Quando surgiu a campanha, achei a oportunidade boa para doar e ajudar os presos que precisam de orientação e evoluir. Porque o livro ensina, ajuda e faz a gente evoluir”, afirmou.

O diretor do Departamento do Incentivo ao Esporte e Promoção Social, da Secretaria Municipal de Esporte, Antônio Medeiros Júnior, destacou o sucesso na arrecadação e agradeceu a participação dos atletas beneficiados e também da população de Curitiba. “Foi a 1ª vez que participamos desta ação e não sabíamos qual seria a receptividade. Mas superou as expectativas e estou muito satisfeito com o resultado. Parabéns a todos que contribuíram com a doação e divulgação da campanha”.

; E ELE LEU AOS OUVIDOS DELES TODAS AS PALAVRAS DO LIVRO DA ALIANÇA.....        2 CRÔNICAS 34/30

Nenhum comentário:

Postar um comentário