.:GESE:.: GOVERNO DO URUGUAY ESTATIZA A PLANTAÇAO DE MACONHA

Adicionado 13/07/2012

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

GOVERNO DO URUGUAY ESTATIZA A PLANTAÇAO DE MACONHA

 
O governo do presidente José "Pepe" Mujica prepara um projeto de lei para legalizar a venda da maconha no Uruguai. O objetivo é combater o consumo da pasta-base de cocaína - droga que o governo do país vizinho considera que está provocando um aumento da criminalidade -, por meio do deslocamento do consumo de drogas para a maconha, menos nociva.

O governo Mujica pretende, dessa forma, infligir duro golpe ao crescente narcotráfico, uma vez que o negócio da maconha ficaria nas mãos do Estado uruguaio, que plantaria a cannabis sativa em fazendas próprias. Segundo informações extraoficiais, o projeto de lei prevê que o produto da colheita seria industrializado em forma de cigarros. Eles seriam posteriormente vendidos por uma rede de quiosques estatais.

Os preços da maconha estatal uruguaia seriam regulados e teriam impostos específicos. No entanto, a venda não seria livre. Apenas maiores de 18 anos que se registrarem em uma lista oficial de consumidores poderão adquirir os "porros" (gíria para os cigarros de maconha nos países de idioma espanhol). A cota, por pessoa, seria de 40 cigarros. Quem ultrapassar esse número será obrigado a fazer tratamento contra dependência de drogas.

O projeto sobre a maconha é parte de um plano mais amplo de combate à violência, que também inclui proibição à transmissão de filmes ou notícias policiais violentas que possam estimular atos agressivos entre os jovens.

Além de elogios e críticas, nas redes sociais o projeto do governo foi encarado com ironia, incluindo fotomontagens do presidente Mujica com os dreadlocks do cantor jamaicano Bob Marley, um apologista do uso da maconha. Caso seja aprovado o projeto de lei sobre a cannabis sativa, o Uruguai será o único país do mundo onde o Estado distribui maconha.

Perfil. Mujica foi um dos principais líderes da guerrilha de esquerda "Tupamaros" nos anos 1970. Ao longo da ditadura militar em seu país (1973-85), ele foi preso e torturado. Com a volta da democracia, aderiu à vida partidária. Depois de ter sido deputado, senador e ministro da Agricultura, tornou-se presidente em 2010 com um discurso "market-friendly".

Carismático, o septuagenário presidente mora em uma espartana chácara na periferia de Montevidéu onde cultiva flores e hortaliças que vende aos mercados da capital. Mujica - o presidente mais pobre da América - ainda se desloca em um Fusca modelo 1982.

Vanguarda. Discretamente, sem estardalhaço, o Uruguai tem se caracterizado desde o início do século 20 por ser um país de leis de vanguarda na América Latina. Em 1907, aprovou a lei de divórcio (sete décadas antes de todos seus vizinhos). Em 1915, implementou a jornada de oito horas de trabalho. Em 2007, foi o primeiro Estado latino-americano a contar com uma lei de união civil entre pessoas do mesmo sexo. Em 2008, o Parlamento aprovou uma lei contra pais que castigam os filhos com punições físicas.

Lamentavelmente as autoridade de nosso pais não tem conseguido dicernir as coisas de Deus.
O Presidente "Pepe" Mujica até é um homem bom e honesto e muito simples porem não acredita em Deus, talvez achando que esta realizando um bem para a sociedade, agora é a favor da legalização da maconha e da descriminalização do aborto.
O pais do Uruguay não precisa de maconha a grande necessidade da maioria dos uruguaios é Jesus Cristo.
Não um Jesus Cristo pendurado numa cruz  e sim um Cristo vivo que anuncie o seu plano de salvaçao para este povo carente.
E corresponde a nos anunciar esta palavra viva e eficaz que tira a ceguera espiritual:
Nos ajude em oração para que possamos cumprir com IDE de Jesus Cristo.
Semeadores de Esperança
"Portanto o meu povo será levado cativo, por falta de entendimento; e os seus nobres terão fome, e a sua multidão se secará de sede." (Isaías 5 : 13)

Nenhum comentário:

Postar um comentário