.:GESE:.: A ostra que não foi ferida não produz pérolas

Adicionado 13/07/2012

segunda-feira, 9 de julho de 2012

A ostra que não foi ferida não produz pérolas


Disseram-lhe os discípulos: Rabi,ainda agora os judeus procuravam apedrejar-te,e tornas para la?   JOÃO 11/8


Você já se sentiu ferido pelas palavras ou atitudes rudes de alguém?
Já foi acusado de ter dito coisas que não disse?
Você já se sentiu humilhado e com medo?
Suas idéias já foram rejeitadas, ou mal interpretadas?
Você já sofreu os duros golpes do preconceito?
Já recebeu o troco da indiferença?

Então, reaja e aprenda a produzir uma pérola !!!

Avalie a situação e cubra estas suas mágoas com varias camadas de persistência,confiança,aprendizado,estabilidade, paciência e muito amor , mas infelizmente isso não é tão fácil, e são poucas as pessoas que se interessam e consegue com sucesso, realizar por esse tipo de ação , pois muitas das vezes somos apenas passivos e não ativos as respostas que recebemos do mundo ao nosso redor.
A maioria aprende apenas a cultivar ressentimentos , deixando estas feridas abertas, alimentando- as com vários tipos de sentimentos pequenos ,e portanto, não permitindo que cicatrizem, e às vezes até aumentando-as, com isso se tornando pessoas amargas e culpando todos ao seu redor por sua dor e infelicidade.
Assim, na prática, o que vemos são muitas "ostras" vazias, não porque não tenham sido feridas, mas porque não souberam perdoar, compreender e transformar a dor em algo produtivo para seu desenvolvimento pessoal.
Produzir uma ostra é apenas uma questão de atitude.
"Pessoas rebeldes e agitadoras são um ativo. Elas funcionam como aqueles grãos de areia que, uma vez dentro das ostras, produzem pérolas. “ Bob Lutz - vice- presidente da Chrysler

A ostra que não foi ferida não produz pérolas

A ostra que não foi ferida não produz pérolas, as perolas são feridas curadas, pérolas são produto da dor, resultado da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra, como um parasita ou um grão de areia.

A parte interna da concha de uma ostra, é uma substância lustrosa chamada nácar. Quando um grão de areia penetra, as células do nácar começam a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas para proteger o corpo indefeso da ostra. Como resultado? Uma linda pérola é formada.
Uma ostra que não foi ferida de algum modo, não produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.

As pedrinhas que produziam perolas

Em uma de minhas ultima atitudes de teimosia ,para não enxergar o chamado de DEUS na minha vida,
fui a fazer um teste em um time da Bolívia.
Minha carreira de jogador tinha se encerrado, mais fui com um amigo Argentino ate a cidade de Tarija para tentar uma das vagas de estrangeiro no torneio nacional Boliviano pelo time de Ciclon.
De passada pelo norte de Argentina pela província de Salta, chegamos junto com meu colega na cidade de Oran, com destino a fronteira da Bolívia
A ultima cidade antes de atraveçar a fronteira se chama Aguas Blancas, e ate ali nos era necessário chegar ,na época o trajeto se podia fazer de trem.
A região e muito bela ,rodeada de serras, e com a Cordilheira Dos Andes como fundo , o clima e muito ameno pela proximidade do Tropico de Capricórnio.
Um pouco distante dos grande centros urbanos Argentino, a região em alguns pontos se tornava inóspita na
 época .
Em una pequena estação ferroviária nos encontrávamos cedo em um belo amanhecer com o sol de puntando por entre meio da montanha,estávamos esperando a tarde ,em que nosso trem passaria.
Nos deleitando com a bonita paisagem Salteña, no inicio nao nos percebemos da presença de mais uma pessoa naquela estação ferroviária,era um senhor de meia idade ,bem trajado e com uma pasta debaixo do seu braço, como querendo protege-la.
Nos percebemos que aquele senhor estava incomodado e preocupado com a nossa presença na plataforma da estação, porem no decorrer da manha tivemos a oportunidade de começar um dialogo com aquele senhor.
Quando contamos para ele o motivo da nossa viagem, e vendo a nossa sinceridade ele começou a nos contar um pouco da sua vida,ele era de Buenos Aires e trabalhava para laboratórios Japoneses.
Abriu sua pasta e nos mostrou uma pequena caixa, nos dizendo que ali dentro tinha algo de muito valor ,eu pensei  pela proximidade da montanha ,que talvez ele mechesse com compra de ouro ou diamantes.
Negando a minha hipotese falou :eu vou  revelar um segredo, já que vocês não tem como prejudicar meus negócios,e abrindo aquela caixinha nos mostrou pequenas pedrinhas ,são cálculos bovinos disse para nos.
Sem chegar a entender absolutamente nada do que significava aquelas pequenas pedrinhas, a semelhanças de grão de areia ,começou a nos explicar: o gado desta região em muitos lugares nao recebe o trato adequado, em quanto a parte veterinária, e em muito dos casos e selvagem , ele só e pegue para ser levado ao frigorífico, comentou, pelo tanto, muitas vezes desenvolve doenças que  na maioria das fazendas Argentina não acontece.
Eu tenho convenio com o pessoal dos frigoríficos e compro esses cálculos bovinos (pedrinhas) ,os quais vendo para um laboratório Japonês.
Desculpe, falei ,mais para que o pessoal do Japão quer essas pedrinhas? ele respondeu você sabe COMO SE PRODUZE UMA PEROLA?
Uma perola falei, sem saber o que responder para aquele homem, ele começou a me explicar: a ostra fica no fundo do mar aberta, e quando um corpo estranho cai dentro dela ,ferindo-a, como defesa ela produz uma sustância chamada Madre perola, a qual cobre aquele corpo estranho começando a gerar uma perola.
 Na maioria das vezes esses corpos estranhos são simples pedrinhas da erosao da agua contra as rochas, e os Japoneses descobriram que para cultivar ostras, que produzam perolas de qualidades o melhor material e cálculos bovinos.
Vejam o resultado que produz uma ferida produzida por uma pequena pedra  :  UMA PEROLA
Se você foi ferido porque alguem te apedrejou, se você esta desanimado, e pensando em desistir da caminhada CRISTA  lembra-te da Ostra, que ela faz de uma pequena pedra que a fere, não um lamento, não um motivo de murmuração, e sim uma PEROLA VALIOSA.

 Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.JOÃO16.33

Pastor Hugo Chavez  (Lider da igreja Missão Cristã)  
 
   

.

6 comentários:

  1. Graça e Paz amado!!!!
    Que teus dias sejam cheios da presença do Senhor.
    Mensagem edificante para o meu dia, começou cedo e com muitas pedrinhas, gloria a Deus que Elas vão se tornar em Pérolas. Alelulia.
    www.venanciofn.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Texto lindo e abençoado. Amei! Posso postá-lo no meu blog?
    Deus o abençoe e lhe conceda muita paz, sabedoria e temo para continuar com suas lindas postagens. Abraços pra sua família.

    ResponderExcluir
  3. PAZ AMADO!!

    REALMENTE EDIFICANTE O SEU TEXTO COMPARATIVO ÁS PÉROLAS E OSTRAS E TB UM NOVO APRENDIZADO SOBRE A PRÓPRIA OSTRA E SUAS PÉROLAS,EU NÃO SABIA QUE ERA ASSIM.

    MARIO

    ResponderExcluir
  4. Graça e Paz Pr Hugo!

    Bravo!!!

    Sempre em Cristo,

    Dc Josebias.

    ResponderExcluir
  5. Paz glória a Deus...
    http://jefersonflores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Muitobom texto,não vi coisa igual referendo a analogia da Osta.

    Em Cristo,

    Ezequel

    ResponderExcluir