.:GESE:.: PENITENCIARIA FEMININA DE TREMEMBÉ (SP) 961 INTERNAS , E O "ESPAÇO MÃE" .

Adicionado 13/07/2012

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

PENITENCIARIA FEMININA DE TREMEMBÉ (SP) 961 INTERNAS , E O "ESPAÇO MÃE" .

Penit. Feminina II de Tremembé

Coordenadoria do Vale do Paraíba e Litoral

Endereço: Rodovia Amador Bueno da Veiga km 140,5, SP 91, Bairro do Una
CEP: 12120-000 - Tremembé - SP
E-mail: fbmartins@sp.gov.br 
Fone: (12) 3602-1873  Fax: (12) 3602-1741
População prisional - data: 02/set
Capacidade: 796   População: 961
Ala de Progressão Penitenciária
Capacidade: 121   População: 131
Ficha Técnica
Data de inauguração: 11/04/2011 
A área total construída da Penitenciária Feminina é de 18.869,48 m² - com capacidade para abrigar 796 detentas no regime fechado, destinadas a atender a demanda de vagas prisionais, além de melhorar as condições de segurança pública da população.
A entrega da penitenciária é um marco importante para a história do sistema penitenciário nacional, tendo em vista que as demais unidades femininas do Estado são masculinas adaptadas. A Penitenciária Feminina II de Tremembé é a primeira planejada e construída exclusivamente para atender as particularidades e necessidades da mulher presa, principalmente ligadas à saúde.Além da área de saúde específica para a mulher, há setores destinados à amamentação, creche, biblioteca, pavilhão de trabalho e à visita íntima. Trata-se de medidas que visam proporcionar melhores condições de cumprimento de pena, com mais dignidade e segurança para presas e servidores.
O Projeto “Espaço Mãe” é uma das novidades que também faz parte da realidade das mães presas em Tremembé. Durante os seis meses do período de amamentação, as mães reeducandas e seus bebes são acolhidos em um espaço totalmente equipado e aconchegante, onde há local para o banho do bebê, trocador, lactário (para preparo de bebidas lácteas e complementares aos lactantes) e área para recreação. Tudo isso com o apoio da Funap.

Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.

Lucas 19:10


Nenhum comentário:

Postar um comentário