.:GESE:.: EM SEIS DISTRITOS POLICIAIS DE CURITIBA NÃO HAVERÁ MAIS DETENTOS.

Adicionado 13/07/2012

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

EM SEIS DISTRITOS POLICIAIS DE CURITIBA NÃO HAVERÁ MAIS DETENTOS.

A Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Paraná (Seju) anunciou nesta quarta-feira (19) que, pelo menos 240 presos, de todas as carceragens dos distritos policiais de Curitiba,  serão transferidos, a partir de segunda-feira (24), para unidades do sistema penitenciário do estado. De acordo com a pasta, não haverá mais presos no 1º, 3º, 6º, 8º, 11º e 13º distritos policiais da capital paranaense. As carceragens do 9º e 12º já foram desativadas neste mês de fevereiro.
Para este presídio feminino foram transferidas as mulheres do 9° distrito.
A decisão foi tomada durante a reunião semanal do Comitê de Transferência de Presos (Cotransp), formado por representantes da Seju, da Secretaria da Segurança Pública (Sesp),do Tribunal de Justiça (TJ) e do Ministério Público do Paraná (MP-PR), com a participação da Defensoria Pública do Estado. A medida faz parte de um acordo firmado entre os poderes Executivo e Judiciário para desativar as carceragens de todos os distritos policiais da cidade.O Departamento da Polícia Civil vai reformar a carceragem do 11º Distrito Policial, que será transformada em Centro de Triagem, com capacidade máxima para 40 presos, Segundo relatório do Cotransp.  Eles permanecerão no local apenas durante o período de conclusão do inquérito policial. O espaço terá parlatório, pátio de sol, sala de atendimento médico e odontológico, colchões, uniformes e kit higiênico para cada preso.
Complexo Prisional de Piraquara , para aqui serão transferidos os detentos das delegacias.
Já o Depen fará a transferência semanal de 80 presos de Curitiba e Região Metropolitana para o sistema penitenciário estadual. Conforme a Seju, as transferências vão levar em conta critérios como o de antiguidade na prisão, com prioridade para condenados. A Seju ainda informou que a Polícia Civil deverá providenciar, com antecedência de 24 horas, as listas nominais dos presos a serem transferidos, com o RG e o mandado de prisão de cada detento.
Tumultos
Alguns distritos da cidade eram cenários de tumultos, como o de Santa Felicidade (12º Distrito Policial) que, desde 2013, registrava rebeliões, confusões e fugas. Tanto que, em outubro de 2013, o Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná (Sinclapol) interditou o local devido à falta de segurança ocasionada pela superlotação.
BEM AVENTURADO AQUELE CUJA TRANSGRESSÃO É PERDOADA . E CUJO PECADO É COBERTO.               Salmos 32/1 

Nenhum comentário:

Postar um comentário