.:GESE:.: POPULAÇÃO CARCERÁRIA DO PARANÁ DIMINUI DE 30.500 PARA 28.600 , DIZ SECRETÁRIA DA JUSTIÇA DO ESTADO.

Adicionado 13/07/2012

segunda-feira, 2 de junho de 2014

POPULAÇÃO CARCERÁRIA DO PARANÁ DIMINUI DE 30.500 PARA 28.600 , DIZ SECRETÁRIA DA JUSTIÇA DO ESTADO.


O projeto do Governo do Estado denominado de SIM-ODM, que indexa programas e ações nos 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), foi apresentado pela secretária da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Maria Tereza Uille Gomes, no 42º Seminário Nacional de TIC para Gestão Pública, durante o painel “Inteligência estratégica de governo”. Ferramentas de tecnologia da informação, como os de cases de business intelligence (BI’s) desenvolvidos pela Celepar, monitoram ações nas áreas de erradicação da pobreza, educação, saúde, meio ambiente e desenvolvimento.

Um dos exemplos citados por Maria Tereza foi o BI do sistema prisional, pioneiro no país, que permitiu a integração de dados do Poder Executivo, com o Poder Judiciário e o Ministério Público Federal. O resultado prático desta solução de TIC, segundo a secretária, está materializado na redução do número de presos no Estado que caiu de 30.500 para 28.600, com o cruzamento de dados. “Estamos corrigindo o principal problema de violação dos direitos humanos, que é a superlotação carcerária”, disse ela.
Pastores reunidos com a secretária da Justiça (PR)
A secretária da Justiça aproveitou o evento que acontece no Hotel Bourbon, em Foz do Iguaçu, para anunciar o lançamento, nesta segunda-feira (02/06), no Gabinete de Gestão e Informações (GGI), no Palácio Iguaçu, de dois Portais, o de Transparência Carcerária e o de Informações de Prisões em Flagrantes, inéditos no Brasil. Maria Tereza Uille Gomes informou ainda que em agosto será lançado o Portal Transparência e Cidadania do Governo do Estado.

A moderação do painel esteve a cargo do presidente da Celepar, Jacson Carvalho Leite. Ele explicou que, por meio do Centro Integrado de Informações Estratégicas da companhia, com base nos 900 sistemas que estão hospedados no Data Center Corporativo do Governo do Estado, são desenvolvidas soluções de business intelligence, “ferramenta de planejamento e acompanhamento dos projetos e ações públicas executados pela administração estadual”. 

O painel contou também com as participações da procuradora do Ministério Pública Federal no Paraná, Antonia Lélia Neves Sanches; do presidente do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (Proderj), Paulo Cesar Coelho, e do presidente da empresa de Processamento de Dados Amazonas (Prodam), Tiago Monteiro.

FEIRA - No estande da Celepar, na Feira de Negócios do Secop, as soluções de business intelligence desenvolvidas no Governo do Estado estavam em exposição. Entre elas, a de gestão prisional, ferramenta que auxiliou a reduzir a superpopulação carcerária no Paraná, como destacou a secretária Maria Tereza no painel realizado quinta-feira (29). 

O Sistema de Acompanhamento de Plano de Metas do Governo do Paraná (SAPM), solução que integra dados de acompanhamento do Plano Plurianual (PPA) e da Lei Orçamentária Anual (LOA), a partir da análise dos sistemas de Acompanhamento da Gestão Governamental (G-Gov) e do Sistema Integrado de Gestão, Avaliação e Monitoramento Estadual (SIGAME), é outra ferramenta que a companhia apresenta na feira.


ENCERRAMENTO - O Secop, que encerrou nesta sexta-feira (30), é o principal fórum nacional de discussão da informática pública. A promoção é da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (Abep) e do Governo do Estado, por meio da Celepar, que responde pela organização.




Lembrai-vos dos presos, como se estivésseis presos com eles, e dos maltratados, como sendo-o vós mesmos também no corpo.

Hebreus 13:3

Nenhum comentário:

Postar um comentário