.:GESE:.: JOVEM ESQUECIDO EM PRESIDIO DOS ESTADOS UNIDOS RECEBEU 4,1 MILHÕES DE DÓLARES DE INDENIZAÇÃO.

Adicionado 13/07/2012

quarta-feira, 31 de julho de 2013

JOVEM ESQUECIDO EM PRESIDIO DOS ESTADOS UNIDOS RECEBEU 4,1 MILHÕES DE DÓLARES DE INDENIZAÇÃO.

Um estudante esquecido durante cinco dias, sem comida ou água, numa prisão nos Estados Unidos recebeu 4,1 milhões de dólares (3,1 milhões de euros) do governo norte-americano.
 
Jovem esquecido em prisão sobreviveu a beber urina
Daniel Chong
 
Daniel Chong, de 25 anos, sobreviveu bebendo a própria urina, depois dos agentes da agência norte-americana de combate ao narcotráfico (DEA) terem ignorado a sua presença na cadeia de San Diego (Califórnia).
O estudante universitário tinha fumado marijuana em abril de 2012, em casa de um amigo, quando foi detido com outras oito pessoas numa operação da DEA, adiantou o "Los Angeles Times".
Chong ficou esquecido na cela e rapidamente perdeu peso, chegando ao ponto de conseguir soltar-se das algemas, informou o jornal californiano.
Incapaz de escapar da cela, Chong teve que beber a própria urina para evitar a desidratação e começou a ter alucinações, temendo que iria morrer antes de a ajuda chegar.
Quando foi finalmente descoberto, Chong estava coberto com as próprias fezes e severamente desidratado.
Perto de uma insuficiência renal e a respirar com dificuldade, Daniel Chong foi levado para o hospital e precisou de cinco dias para recuperar, segundo o jornal norte-americano.
"Foi um acidente realmente muito, muito mau, terrível", disse o jovem em conferência de imprensa, na terça-feira.
A compensação foi supostamente aprovada pelo departamento de justiça, que recusou comentar o acordo ao jornal.
O advogado de Chong disse que o estudante teve que submeter-se a psicoterapia intensiva e sofre de "stress" pós-traumático, desde a experiência, afirmando que esta situação "nunca deveria acontecer a qualquer ser humano à face da terra".

EIS QUE JÁ ESTAS SÃO ; NÃO PEQUES MAIS , PARA QUE NÃO TE SUCEDA ALGUMA COISA PIOR. 
                                                           JOÃO 5/14

Nenhum comentário:

Postar um comentário